2 thoughts on “

  1. mariana

    pior pra mim, que ao inves de outras mulheres obtive refugio no caso mais fa’cil: homens. fiquei com as migalhas das migalhas, e talvez nem isso. mas parei. hoje, leito vazio, coracao cheio, decidi que a solidao e’ como meu amor: uma lealdade nao correspondida e amordacada. parto da italia em tres meses, e deixo uma parte gigantesca de mim pra tra’s.

    1. meninasderua Post author

      Mariana, nunca desistimos do amor. Mesmo quando acreditamos que desistimos, não desistimos. Faz parte intrínseca de nós, de quem somos. Como a esperança. E às vezes é preciso de facto abrir mão do que sabemos que nos faz mal e viajar por dentro de nós à procura do que nos faz bem. Um beijinho para ti,

      Maria

Leave a Reply to mariana Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>